Por que o nome (domínio) é fundamental – parte I

 

Por que o nome (domínio) é fundamental – parte I



Dois conselhos valiosos:

1. Simplifique a grafia;
2. Coloque no “nome” uma palavra relativa ao seu negócio;

Muitos amam colocar seus nomes ou sobrenomes nos domínios. É legal. Concordamos. Mas desde que isso não prejudique o seu cliente que está tentando lhe encontrar.

Sempre haverá o risco dele cair no site do concorrente. Esta possibilidade é sempre presente e poderemos inadvertidamente torná-la muito grande.

Quando você digita um endereço certo na barra superior do navegador ele lhe levará direto ao site desejado. Mas se o cliente errar a digitação o navegador abrirá uma página com opções e o que seu cliente verá lá são seus concorrentes uma vez que os mecanismos de busca tentam entender o que você está procurando e seu site já foi contextualizado.

Faça testes nos navegadores com termos errados – com grafia errada e os resultados serão surpreendentes.

Exemplo de uma digitação errada:

Digita-se apenas “folha” no navegador. Veja o resultado:

Observe que logo abaixo da linha de resultados está apresentado o maior concorrente da Folha de SP: O Estadão.

Se você digitar corretamente o endereço da Folha de São Paulo o navegador abrirá diretamente o site da empresa.

Agora imagine que você colocou seu nome no site. Você se orgulha muito disso, mas você é descendente de poloneses…

Então seu site ficou assim: platcheckveiculos.com.br


Se seu nome for Platcheck saiba que é um belo sobrenome, mas num país de língua de origem latina a escrita se torna bastante difícil. E no caso de utilizá-lo neste ambiente de web como parte de um nome de domínio, considerando que os buscadores contextualiza o conteúdo do site e as palavras e termos, a chance de que seu cliente, ao procurá-lo acabe acessando o site de um concorrente, é muito grande.

Lembre-se:








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Marketing Digital x e-Commerce

Por quê o website é tão importante para um Corretor de Imóveis ou imobiliária?

Nomes de domínio – evite os erros mais comuns